Home > ADVILLAGE > Uber pode perder US$ 1 bilhão depois de reportar 6 mil casos de agressão sexual

ADVILLAGE

06/12/2019 08:30 por Advillage

Uber pode perder US$ 1 bilhão depois de reportar 6 mil casos de agressão sexual

Ações da empresa caíram 2,2% em Nova York em reação a relatório sobre casos ocorridos a bordo dos carros nos últimos dois anos

A Uber pode perder pouco mais de US $ 1 bilhão de seu valor de mercado depois que a empresa reportou quase 6 mil casos de assédio sexual ocorridos nos carros do aplicativo nos últimos dois anos – 3.045 em 2018 e 2.936 em 2017.

Segundo o Business Insider, as ações da Uber caíram 2,2% nas negociações do pré-mercado por volta das 5h da manhã em Nova York, o equivalente a cerca de US$ 1,1 bilhão de seu valor de mercado a partir do fechamento de quinta-feira (5), de US$ 48,9 bilhões.

O relatório aponta foram realizadas 2,3 bilhões de viagens nos Estados Unidos nesses dois anos. A empresa informou que recebeu 235 denúncias de “penetração sexual não consensual” no ano passado e 280 de “tentativa de penetração sexual não consensual” - quase todas registradas por mulheres, assinala a Reuters. Os relatórios de assédio restantes incluíam incidentes como beijos ou toques indesejados em partes do corpo. Também relatou a ocorrência de dez agressões físicas fatais em 2017 e nove em 2018.

No Twitter, o CEO da Uber, Dara Khosrowshahi, escreveu: "Fazer a coisa certa significa contabilizar, confrontar e tomar medidas para acabar com a agressão sexual. Meu coração está com todos os sobreviventes desse crime generalizado. Nosso trabalho nunca será concluído, mas damos um importante passo adiante hoje”. E acrescentou: "A longo prazo, seremos uma empresa melhor para dar esse passo hoje - porque acredito firmemente que as empresas abertas, responsáveis ??e sem medo são as empresas que obtêm sucesso".

A Uber mantém um espaço em seu site para tratar da questão da segurança nas viagens realizadas pelo aplicativo, veja aqui.

Siga-nos no Twitter

'
Enviando