Home > DOCES E SALGADOS > Comissão do Senado sabatina indicados para embaixadas do Brasil nos EUA e no Líbano

DOCES E SALGADOS

13/02/2020 08:38 por Redação

Comissão do Senado sabatina indicados para embaixadas do Brasil nos EUA e no Líbano

Se aprovados na CRE, Nestor Forster e Hermano Telles Ribeiro precisarão ter seus nomes confirmados pelo Plenário

A Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) do Senado deve sabatinar nesta quinta-feira (13), a partir das 10h, os diplomatas indicados pela presidência da República para chefiar as embaixadas Brasil nos Estados Unidos e no Líbano.

O diplomata gaúcho Nestor José Forster Junior é o designado para representar o Brasil em Washington. Sua indicação deu-se em novembro do ano passado, depois que o presidente Jair Bolsonaro convenceu-se da inviabilidade de nomear seu filho Eduardo para a embaixada.

Nascido em 1963, em Porto Alegre, Nestor Forster ingressou na carreira diplomática em 1986. Desempenhou funções como a de chefe do Setor de Política Comercial da embaixada em Washington (1992–1995); chefe do Setor Econômico da embaixada em Ottawa (1995–1998); e chefe do Setor Financeiro da embaixada em Washington (2003–2006). Mais recentemente, passou a ser o encarregado de Negócios da mesma embaixada. No ano passado, atuou como embaixador interino.

De perfil conservador, Nestor Forster é católico e entusiasta da agenda de costumes do governo Bolsonaro. É amigo de longa data do escritor e “filósofo” Olavo de Carvalho.

A outra sabatina será com o diplomata Hermano Telles Ribeiro para a embaixada em Beirute, no Líbano. Nascido em Berna, na Suíça, ele atuou em missões no exterior, como cônsul-geral adjunto em Paris (1992-1994) e serviu nas embaixadas em Caracas (1995-1996), Tóquio (2001-2005) e Paris (2005-2008). Foi cônsul-geral em Atlanta (2011-2016) e, a partir de 2016, passou a chefiar a Representação Permanente do Brasil, junto aos Organismos Internacionais em Londres.

Com Agência Senado

'
Enviando