Home > DOCES E SALGADOS > Por ordem do BC, bancos já limitam juros do cheque especial em 8% ao mês

DOCES E SALGADOS

15/01/2020 06:23 por Redação

Por ordem do BC, bancos já limitam juros do cheque especial em 8% ao mês

Única instituição com taxa inferior é o BB (7,99%); no empréstimo pessoal, taxa média caiu de 6,19% para 6,17% ao mês

Pesquisa mensal do Procon-SP junto a seis grandes bancos, realizada no último dia 8, aponta que a taxa média de juros praticados no cheque especial teve forte queda em janeiro. Nas operações de empréstimo pessoal, houve leve redução.

Cheque especial – A taxa média foi reduzida de 12,57% para 8,00% ao mês. Cabe ressaltar que o Banco Central limitou os juros nesta modalidade de crédito por meio da Resolução nº 4.765, de 27 de novembro de 2019, que passou a vigorar no dia 6 de janeiro de 2020. Nenhum banco pode exceder o limite de 8,00%.

• Banco do Brasil: é o único a cobrar taxa inferior a 8,00%. A instituição baixou seus juros de 12,39% para 7,99%, um corte de 35,5%.

Leia: CMN limita juros do cheque especial em até 8% ao mês (151,80% ao ano).

Empréstimo pessoal - A taxa média dos bancos pesquisados caiu de 6,19% para 6,17% ao mês. Dois bancos alteraram suas taxas.

• Banco do Brasil: fez um corte de 0,66%, de 6,03% para 5,99% ao mês.
• Itaú: reduziu sua taxa de 6,15% para 6,11%, uma redução de 0,65%.

A taxa mais baixa da modalidade é praticada pela Caixa (3,99%), e a mais alta, pelo Santander (7,89%).

As taxas médias dos seis bancos pesquisados, em janeiro:

PROCON JUROS BANCOS
Especialistas do Procon-SP recomendam cautela ao contrair dívidas nesse momento, pois no começo de ano as despesas aumentam não só pelas dívidas contraídas no final do ano passado, como também pelos impostos devidos (IPVA, IPTU), além da compra de material escolar e matrícula do colégio.

'
Enviando