Home > DOCES E SALGADOS > Caixa aparece no topo do ranking de reclamações de clientes do BC

DOCES E SALGADOS

17/07/2017 11:47 por Redação

Caixa aparece no topo do ranking de reclamações de clientes do BC

Santander e Bradesco ocupam as posições seguintes; queixa mais frequente é de prestação de informações de forma inadequada

No segundo trimestre de 2017, a Caixa Econômica Federal ocupou o topo do ranking de queixas de consumidores entre bancos com mais de 4 milhões de clientes. O levantamento foi divulgado nesta segunda-feira (17) pelo Banco Central.

Desde maio este ano o levantamento passou a ter periodicidade trimestral. Desde agosto do ano passado, quando deixou de ser mensal, o ranking vinha sendo divulgado a cada dois meses.

2º trimestre 2017

Com 2.488 reclamações julgadas procedentes, a Caixa obteve índice 29,11, pouco à frente do Santander, que aparece na segunda colocação com índice 28,58).
 
O ranking de reclamações de bancos e financeiras no período abril-maio-junho:

01. Caixa Econômica Federal: 29,11
• 85.458.741 clientes
• 11.962 reclamações (2.488 procedentes)

02. Santander: 28,58

• 38.098.966 clientes
• 6.700 reclamações (1.089 procedentes)

03. Bradesco: 24,45

• 92.585.594 clientes
• 9.855 reclamações (2.264 procedentes)

04. Banco do Brasil: 21,71

• 59.776.953 clientes
• 8.272 reclamações (1.298 procedentes)

05. Itaú: 21,33

• 68.821.561 clientes
• 9.610 reclamações (1.468 procedentes)

06. Banrisul: 15,86
• 4.474.462 clientes
• 504 reclamações (71 procedentes)

07. Votorantim: 14,98

• 4.069.729 clientes
• 517 reclamações (61 procedentes)

08. Midway: 11,85
• 6.582.000 clientes
• 198 reclamações (78 procedentes)

09. OMNI: 4,12

• 4.125.165 clientes
• 108 reclamações (17 procedentes)

10. Pernambucanas: 2,86

• 4.532.183 clientes
• 60 reclamações (13 procedentes)

11. Banco do Nordeste do Brasil: 0,00
• 6.033.879 clientes
• 43 reclamações (0 procedente)

As reclamações mais frequentes:

01. Oferta ou prestação de informação a respeito de produtos e serviços de forma inadequada: 1.655

02. Irregularidades relativas à integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações e serviços,exceto decartão de crédito, cartão de débito, internet banking e ATM: 1.434

03. Irregularidades relativas à integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações e serviços de cartões de crédito: 1.117

04. Débito em conta de depósito não autorizado pelo cliente: 814

05. Cobrança irregular de tarifa por serviços não contratados: 422

06. Insatisfação com a resposta recebida da instituição financeira referente à reclamação registrada no BC: 369

07. Restrição à realização de portabilidade de operações de crédito consignado relativas a pessoas naturais: 289

08. Irregularidades relativas à integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações e serviços disponibilizados em ATM: 261

09. Prestação de serviço de forma irregular em conta-salário: 225

10. Irregularidades no processo de encerramento de conta de depósitos á vista: 215

'
Enviando