Home > DOCES E SALGADOS > Demanda por voos internacionais cai pelo sétimo mês consecutivo

DOCES E SALGADOS

26/03/2020 11:45 por Redação

Demanda por voos internacionais cai pelo sétimo mês consecutivo

Foram transportados 3,44 milhões de passageiros em viagens ao exterior em fevereiro; nos voos domésticos a demanda cresceu 3,9%

Em fevereiro de 2020, a demanda por transporte aéreo (RPK) doméstico cresceu 3,9% em relação a fevereiro de 2019. É o sexto resultado positivo nesse tipo de comparação após quatro meses em queda.

Segundo os dados da Anac, as companhias aéreas em operação no Brasil transportaram 7.905.271 passageiros nos voos domésticos no segundo mês do ano, contra 7.605.168 um ano antes, uma diferença de 300.103 passageiros.

Em relação a janeiro/20, quando as aéreas transportaram 9.806.134 passageiros, houve queda de 19,38% na demanda doméstica.

Já a oferta (ASK) cresceu 4,6% na comparação com fevereiro/19. É o quinto resultado positivo após cinco quedas consecutivas. A oferta no período foi de 9.657.547 assentos, 427.256 a mais do que em fevereiro do ano passado (9.260.291 assentos).

No confronto com janeiro/20, porém, a oferta caiu 15,86%, o que equivale a 1.821.747 assentos a menos.

A participação de mercado das principais companhias aéreas em fevereiro/20 (os percentuais entre parênteses indicam a participação em fevereiro/19):

LATAM: 38,1% (31,1%)
• Transportou 3.013.719 passageiros, alta anual de 27,3% (647.199 passageiros a mais)

Gol: 37,1% (35,3%)
• Transportou 2.934.375 passageiros, alta anual de 9,3% (249.953 passageiros a mais)

Azul: 24,3% (21,0%)
• Transportou 1.922.414 passageiros, alta anual de 20,2% (322.966 passageiros a mais)

Avianca Brasil: 0,0% (12,2%)
• Dados zerados em fevereiro/20, queda anual de 100% (em fevereiro/19, transportou 928.757 passageiros)

Internacional

No transporte aéreo internacional, as companhias aéreas transportaram 3.449.612 passageiros em fevereiro, uma queda de 6,0% na demanda em relação a fevereiro/19 (ou 219.005 passageiros a menos). É o sétimo recuo consecutivo após uma longa sequência de 34 meses seguidos de crescimento.

Em relação a janeiro/20, quando foram transportados 3.964.223 passageiros, houve queda de 12,98%, ou 514.611 passageiros a menos.

A oferta de assentos (4.265.367) teve queda de -7,6% em fevereiro, na comparação com o segundo mês de 2019. Em relação a janeiro/20 o recuo foi de 8,45% (394.015 assentos a menos)

A participação de mercado das companhias aéreas brasileiras que operam voos internacionais, em fevereiro/20 (os percentuais entre parênteses indicam a participação em fevereiro/19):

LATAM: 68,4% (68,2%)
Transportou 2.360.231 passageiros, queda anual de -5,7% (141.818 passageiros a menos)

Azul: 18,1% (12,5%)

• Transportou 624.333 passageiros, alta anual de 36,0% (165.255 passageiros a mais)

Gol: 13,5% (13,3%)

• Transportou 464.628 passageiros, queda anual de 4,5% (21.916 passageiros a menos)

Avianca: 0,0% (6,0%)
• Relatório traz dados zerados em fevereiro, com queda de 100% sobre fevereiro/19, quando a empresa transportou 220.856 passageiros.

'
Enviando