Home > ADVILLAGE > Filme publicitário é suspenso após reações de ódio da extrema-direita na Escandinávia

ADVILLAGE

19/02/2020 14:22 por Advillage

Filme publicitário é suspenso após reações de ódio da extrema-direita na Escandinávia

Sob o título "O que é verdadeiramente escandinavo?", comercial da companhia aérea SAS destaca a diversidade cultural da região

A companhia aérea escandinava SAS decidiu suspender uma nova campanha publicitária menos de 24 horas após a estreia, assustada com a reação de nacionalistas e grupos de extrema-direita. O comercial, intitulado “O que é verdadeiramente escandinavo” foi criado para destacar o papel das viagens, da diversidade cultural e da imigração na região.

Ao retirar o filme, a SAS - uma multinacional aérea da Suécia, Noruega e Dinamarca – publicou uma nota afirmando que mantém a mensagem central da propaganda.

“Quando viajamos, influenciamos nosso entorno e somos influenciados por outros. As experiências que trazemos de volta de nossas viagens nos inspiram como indivíduos e também como sociedade. Ao analisar o padrão e o volume de reações, temos razões para suspeitar de um ataque online. Não queremos nos arriscar a ser uma plataforma de valores que não compartilhamos. Por isso, removemos temporariamente o filme de nossos canais e estamos avaliando o próximo passo”.

"É lamentável que o filme seja mal interpretado, que alguns optem por interpretar a mensagem e usá-la para seu próprio propósito”, conclui a nota da SAS.

O comercial propõe: "O que é realmente escandinavo? Absolutamente nada. Tudo é copiado. As almôndegas suecas vieram da Turquia, os doces dinamarqueses da Áustria, o alcaçuz da China e a política progressista da Grécia. Pegamos tudo o que gostamos em nossas viagens ao exterior, ajustamos um pouco, e é uma coisa escandinava única".

Os partidos anti-imigração e de extrema-direita na Suécia e na Dinamarca, porém, odiaram. Para esses grupos, a campanha é desrespeitosa com a cultura escandinava.

Segundo o jornal britânico The Guardian, uma rua no centro de Copenhague foi brevemente fechada depois que a &Co, a agência de publicidade dinamarquesa que criou a campanha, recebeu uma ameaça de bomba por e-mail. A polícia vasculhou os prédios, mas não encontrou explosivos, informou a TV2.

Assista ao filme (em inglês):



Siga-nos no Twitter

'
Enviando